Retratações e Plágio: Um problema na academia

Publicado originalmente em: http://wcrodrigues.ebras.bio.br/opinions.asp

Lembro, que ainda na minha graduação (1994-1999) a qualidade de uma publicação era o que mais importava. Lembro-me de ler artigos que eram oriundos do texto original de dissertação, com adaptações às normas das revistas, como por exemplo, a dissertação de Racca Filho (1992), intitulada “Contribuição ao estudo dos gêneros Lasiodera Gray, 1832 e Philyra Laporte, 1836 (Coleoptera, Cleridae)” e seu artigo “Contribuição ao estudo de Lasiodera Gray e Philyra Laporte, gen. rev. (Coleoptera, Cleridae)” (Racca Filho & Peracchi, 1996).

Obviamente o parágrafo acima nos remete a pergunta. O que isso tem haver como plágio e retratação? Bom, seguirei esta vertente, para defender minha opinião quanto aos casos de plágio e retratação ocorridos desde a década de 1990, não que antes disso os casos de plágio não ocorressem, sim ocorriam, mas ou era difíceis de detectar ou ocorriam em menor número em comparação a década de 2010 em diante.

Continuar lendo Retratações e Plágio: Um problema na academia